O que é depressão?
O que é Depressão? Entenda suas causas, sintomas e tratamentos
21/04/2016
Depressão tem cura? Descubra a (verdadeira) resposta!
25/04/2016

Sintomas de depressão: aprenda a identificar os 19 sinais possíveis da doença

Sintomas de depressão

A depressão que assola o Brasil e o mundo já se tornou uma epidemia. Mas como identificar os reais sintomas de depressão?

Conheça os 19 sinais da doença comprovados pela psiquiatria e neurologia da modernidade.

Introdução

A depressão já faz parte de pelo menos 11 milhões de brasileiros, e os números não param de crescer.

Neste cenário, as pessoas buscam respostas, diagnósticos e o que fazer para enfrentar o problema.

Hoje já são conhecidos 19 sintomas do estado depressivo. Conhece-los o ajudarão a dar o primeiro passo para sua recuperação.

 

Mas o que é depressão?

zerodete

Depressão pode ser facilmente compreendida como uma doença que gera falta de energia física e psíquica numa pessoa.

Mas esta é uma definição simplista inicial.

Aqui você pode ler um artigo completo explicando tudo sobre depressão, com definições oficiais dos neurologistas e da OMS.

 

O psiquiatra no diagnóstico de depressão

pscy

Aqui no saudeinterior.org procuramos sempre fornecer um conteúdo sério.

E sério quer dizer comprometido com a integridade e veracidade das informações, coerência com as ciências médicas e psicológicas e um cuidado ético para com as pessoas.

Não somos ufanistas (sonhadores tolos), e nem derrotistas (pessimistas chatos). Trabalhamos com a verdade dos fatos e com a experiências das pessoas.

Por isso quero enfatizar a importância do psiquiatra no diagnóstico de depressão.

Este artigo visa dar um esclarecimento prévio dos sintomas de depressão, e não o diagnóstico. Este diagnóstico só pode ser feito por um profissional capacitado: o médico psiquiatra.

Procure-o para ser orientado de forma personalizada e profissional.

 

Tristeza comum é diferente de Depressão: saiba separar!

save

Precisamos também esclarecer uma coisa:

É verdade que há muita gente com depressão.
Mas também há muita gente que está apenas com uma tristeza comum.

Como saber em qual estado nos enquadramos?

O primeiro fator é a duração dos sintomas.

Geralmente, se sentir alguns sintomas abaixo, mas eles durarem menos de 3 semana, fique tranquilo: isso será apenas uma tristeza comum. Ela passará naturalmente.

A tristeza é um sentimento natural e saudável

Sim, eu disse saudável!

Vivemos hoje no que Guy Debord chamou de sociedade do espetáculo, que prega insistentemente que todos devem ser felizes e bonitos o tempo todo. Se você está triste as pessoas acham que está com algum problema.

É como se todos devêssemos viver como se fôssemos a Barbie ou o Ken.

Nada mais (desculpem a palavra) idiota.

O nosso desenvolvimento enquanto seres humanos passa, necessariamente, pela tristeza eventual.

É nela que repensamos nossas atitudes, refletimos sobre a vida que estamos levando, redefinimos o que queremos dela, e mudamos de rota se necessário.

Isso se chama viver!

Não pense que por passar momentos de tristeza você está com depressão. Simplesmente ocorreram fatos em sua vida que o levaram a sentir isso.

Normalmente a tristeza passa, você supera estes fatos, corrige a rota de sua vida, e ela volta a ter aquele belo colorido novamente.

Então não fique triste por estar entristecido. Isso significa que você é um ser humano normal, e não uma barata sem alma. 🙂

Extraia da tristeza o que ela nos oferece de melhor: a chance de repensarmos nossa vida.

E como saber se estou com depressão?

Apenas no caso de você apresentar 5 ou mais sintomas abaixo durante mais de 3 semanas é que você deve começar a pensar na probabilidade de estar mesmo com depressão.

No final do artigo você saberá o que fazer se apresentar este quadro, ok?

 

Quais os sintomas da depressão?

Bom, depois dos esclarecimentos prévios, vamos aos sintomas de depressão.

Dentre todos eles, 3 são os principais:

sintoma-12

Sintoma de depressão 1
Humor deprimido

Estar pra baixo, “de baixo astral”, melancólico geralmente é rotina para o deprimido. Dificilmente se vê alegre com a vida.

 

sintoma-14

Sintoma de depressão 2
Perda do interesse, apatia

Vontade de não fazer nada. Para o deprimido muitas coisas “tanto faz como tanto fez”, não se sente motivado a ter uma postura pró-ativa da vida.

 

sintoma-19

Sintoma de depressão 3
Fadiga e sensação de cansaço

Uma característica comum no deprimido é o cansaço. Ainda nem chegou o meio dia, e o deprimido já se sente fadigado. O trabalho não rende, e ele conta as horas para acabar o dia simplesmente para chegar em casa e se afundar no sofá.

 

Se sentir estes 3 sintomas ao mesmo tempo por mais de 3 semanas, as chances são grandes de estar em um quadro depressivo.

 

Outros sintomas de depressão

Além dos principais sintomas de depressão citados acima, outros 16 podem ser vistos como sinais da doença.

sintoma-04

Sintoma de depressão 4
Auto-estima baixa

O deprimido tem uma imagem distorcida e negativa de si mesmo. Não gosta da sua aparência ou outra característica pessoal, e não consegue encontrar valor naquilo que faz.

 

sintoma-05

Sintoma de depressão 5
Alterações de peso

Engordar ou emagrecer devido a alterações de apetite. É comum vermos deprimidos com aumento de peso, pois comer se torna uma fuga para as dores da alma.

 

sintoma-16

Sintoma de depressão 6
Ansiedade e angústia

Viver agitado e ansioso, mesmo sem um motivo que justifique é um dos sintomas de depressão. A angústia ocorre em detrimento do ponto de vista distorcido que a depressão dá à vida.

 

sintoma-07

Sintoma de depressão 7
Irritabilidade

A dor interior constante faz com que o deprimido tenha uma baixa tolerância às frustrações do dia a dia. Uma simples fechada no trânsito, por exemplo, é motivo para uma explosão de nervos. Apesar do trânsito intenso nas grandes cidades gerarem por si só irritabilidade, no deprimido isso é o estopim de uma grave situação de descontrole emocional.

.

sintoma-03

Sintoma de depressão 8
Vazio e desesperança

É quando a vida perde o sentido. Os aspectos psicológicos e hormonais da doença causa um vácuo emocional no deprimido, que não vê esperança de recuperação e para as dificuldades naturais da vida.

 

sintoma-09

Sintoma de depressão 9
Maior esforço para realizar atividades
anteriormente fáceis de serem realizadas

Tudo fica muito mais difícil de ser realizado. Mesmo aquilo que antes era algo corriqueiro para o deprimido. A sensação é que andamos com uma tonelada nas costas, ou com pesos nos pés. O resultado disso é uma vida “em câmera lenta”, com baixa performance principalmente no trabalho.

 

sintoma-06

Sintoma de depressão 10
Medo e insegurança

Medos irracionais, sem motivos, começam a brotar no coração do deprimido. A sensação de insegurança também envolve os aspectos sociais. Não se fica mais à vontade em ambientes não familiares como festas, reuniões e trabalho.

 

sintoma-11

Sintoma de depressão 11
Dificuldade de sentir prazer em atividades anteriormente prazerosas

Neste sintoma de depressão, o deprimido perde o prazer em fazer atividades que gostava. Aquele seriado perde o sentido. Não faz questão daquele restaurante que sempre ia. Os hobbies antes praticados perdem o sentido.

 

sintoma-08

Sintoma de depressão 12
Culpa sentida de modo desproporcional

Se sentir culpado em demasia por questões pequenas, ou por situações nas quais não há culpa é um dos sintomas de depressão. Quando a culpa de fato existe (como um erro no trabalho que causou um prejuízo, por exemplo), o deprimido mergulha na culpa, não consegue se perdoar, e nem dar uma solução adequada para seu erro.

 

sintoma-13

Sintoma de depressão 13
Alterações de sono

Aqui o sintoma é tanto dormir demais como dormir de menos. Dormir muito é uma forma de “fugir” dos problemas. E dormir menos é em detrimento da ansiedade, irritabilidade, etc.

 

sintoma-14

Sintoma de depressão 14
Diminuição do apetite sexual

Devido à apatia, o deprimido também não tem mais o interesse sexual que antes tinha. Outro fator que causa o desinteresse sexual é a dificuldade relacional que a depressão causa à pessoa.

 

sintoma-15

Sintoma de depressão 15
Dificuldade em atenção e concentração

Aqui o deprimido está sempre desligado, alheio ao que se passa ao seu redor. No trabalho este sintoma causa graves prejuízos se não tratado adequadamente.

 

sintoma-16

Sintoma de depressão 16
Esquecimentos frequentes

A memória começa a falhar. Parece que o cérebro já não funciona com a rapidez e sagacidade de antes.

 

sintoma-17

Sintoma de depressão 17
Vontade de “deixar de viver”

Apesar deste sintoma ainda não ser pensamentos suicidas, o deprimido aqui começa a não ver mais razão de existir. A culpa, a apatia e o desinteresse gerais nas coisas o faz pensar que se ele deixar de viver o mundo continuará o mesmo.

 

sintoma-18

Sintoma de depressão 18
Ideias de suicidio

Este é um dos mais perigosos sintomas de depressão. Quando a vontade de “deixar de viver” não é trabalhada adequadamente, o sintoma evolui para as ideias de suicídio. Infelizmente em muitos casos o deprimido tenta se matar de fato. Nesta fase é necessário intervenção familiar, terapêutica e médica.

 

sintoma-19

Sintoma de depressão 19
Dores pelo corpo (e outros sintomas clínicos)

Aquelas dores que os médicos nunca encontram a causa. Os exames diagnósticos não apontam nenhum problema, mas o deprimido ainda sente dores diversas pelo corpo.

 

O que fazer se estiver com sintomas de depressão

lll

Procure imediatamente um médico psiquiatra.

Caso perceba que você (ou um conhecido seu) se enquadre dessa forma, com 5 ou mais destes sintomas por mais de 3 semanas, deve procurar ajuda profissional.

Se consulte com o psiquiatra de sua confiança para que ele faça o diagnóstico assertivo.

Se cuide, ok? Não deixe isso para depois.

Ele irá lhe dar os próximos passos para vencer esta doença, e aumentar muito sua qualidade de vida.

E se eu estiver realmente mal?

Eu sei bem como é não ter energia para nada. Nem para procurar um médico.

Mas sei também que existem aquelas janelas de energia que aparecem no seu dia a dia. Aqueles momentos em que você, surpreendentemente, não se sente tão mal.

Essa é a hora de agir!

Quando chegar este momento, peça ajuda para um parente ou amigo.

Reuna forças, fale com um alguém que possa lhe ajudar a procurar e se consultar com um médico psiquiatra.

(Caso ele não saiba nada sobre depressão mostre a ele este e outros artigos do saudeinterior.org)

 

Uma última palavra sobre os sintomas de depressão

segurando

Encare os sintomas de depressão com esperança.

Sim, esperança!

Ao nos vermos em alguns dos sintomas de depressão acima, temos a tendência de ficar… ainda mais deprimidos!

Pensamos: “chegou o fundo do poço, estou mesmo com depressão!”

Mas mantenha a serenidade.

Lhe encorajo a trabalhar com estes sinais da forma oposta refletindo consigo mesmo no seguinte:

  1. auto-educação é o primeiro passo para você sair do estado depressivo.
  2. Os sintomas estão lhe mostrando de onde vem seu sofrimento.
  3. Você está aprendendo sobre si mesmo, e isso melhora as chances de recuperar sua vida!

Talvez você seja daquelas (muitas) pessoas que esteve sofrendo de depressão sem saber. E agora você, de posse destas informações iniciais, pode começar a solucionar esta dor!

Tudo aqui no saudeinterior.org foi feito para lhe dar esperança e lhe ajudar a melhorar.

Conhecer os sintomas de depressão é o primeiro passo. Insisto: procure um médico, e inicie logo o seu tratamento.

Se cuide, e fique em paz!
🙂

Alex Carnier
Alex Carnier

Idealizou o saudeinterior.org após experimentar na pele o sofrimento psico-emocional causado por uma depressão, e descobrir que cerca de 20 milhões de brasileiros passam pelo mesmo problema. Acredita que juntos podemos mudar o mundo, transformando um coração de cada vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *