fbpx

“Estou com depressão” Os primeiros passos para a cura

Acho que estou com depressão

Se você chegou a este artigo, deve ser porque falou para si mesmo: “Ok, acho que estou com depressão… o que faço agora?”

É possível que o seu eu interior esteja passando por um deserto emocional. Saber o que fazer agora é importante para que a depressão seja tratada o mais rápido possível.

Escrevi este artigo para dar a você os 3 passos iniciais que deve dar em direção à sua cura. Os 3 passos vão tirar você das areias movediças da depressão e lhe dar orientações claras de como procurar ajuda profissional.

Lembrando que este conteúdo foi criado a partir da minha experiência pessoal com a depressão. Então fique tranquilo que eu sei exatamente como você se sente. E vou lhe ajudar a sair dessa.

Mas antes, você precisa entender algumas coisas importantes.

Coisas que você precisa saber agora!

Com base em toda esta minha vivência com a depressão, vou lhe dizer algumas coisas importantes:

De fato, experimentar uma depressão é extremamente difícil!

“Estou com depressão, e ela é excruciante!”

Falei esta frase ao meu terapeuta várias vezes durante meu tratamento.

A intensidade do deserto que um deprimido experimenta é grande. Só quem passa por isso sabe: a depressão mexe muito negativamente com nosso interior.

Ficamos desorientados em meio às emoções horríveis, sensação de cansaço e pensamentos negativos.

Por isso, não se cobre ou se sinta culpado por estar com depressão.

Seu desafio não é pequeno.

A depressão é superável

“Estou com depressão, mas vou superá-la!”

Foi isso que eu disse quando me dei conta de que tinha um grande desafio pela frente. Porém descobri que, apesar de difícil, a depressão não é definitiva.

Hoje temos muito conhecimento e recursos para superar a depressão. Eu sou prova disso, e você pode iniciar este processo ainda hoje.

Você não está sozinho

“Estou com depressão: quem poderá me ajudar nesse processo?”

A gente se sente muito sozinho quando estamos deprimidos. E é por isso mesmo que precisamos estar perto de outras pessoas.

A boa notícia é que sempre vamos encontrar ajuda em algum lugar.

Você provavelmente tem algum familiar, amigo ou líder de comunidade que possa lhe ajudar no processo de cura. Alguém que se importa com você, mesmo sem saber exatamente como ajudar.

No PASSO 2 deste livro, tem o link de uma carta que você pode enviar para esta pessoa. Esta carta irá orientá-la a lhe ajudar. Te darei mais informações sobre isso neste segundo passo.

E mesmo se por algum motivo não encontrar alguém, eu e uma grande comunidade de pessoas compassivas aqui do Saúde Interior estamos do seu lado.

Você não precisa e nem deve lutar sozinho contra isso.

Agora eu vou apresentar 3 passos para que você inicie imediatamente seu próprio processo terapêutico,

Vamos lá.

Passo 1
Queira (de verdade) sair da depressão

“Estou com depressão, e desejo de todo coração sair dela!”

Pode parecer óbvio, mas não é.

O primeiro passo para superar a depressão é QUERER superá-la.

Você se acostumou com a depressão?

Um fenômeno muito interessante acontece dentro dos consultórios de psicologia do mundo todo. Algumas pessoas passaram tanto tempo deprimidas que se acostumaram a ficar ali.

Sair da depressão pode parecer impossível para essas pessoas. Então elas desistem de buscar ajuda e se acomodam na situação – mesmo ela sendo muito difícil.

Então a primeira coisa que você deve se perguntar é: eu quero MESMO sair da depressão?

Exercício de visualização: sua vida SEM a depressão

Vou lhe pedir algo simples agora: imagine sua vida SEM a depressão.

Pode parecer esquisito, mas esse exercício é muito estratégico. Depois lhe explico melhor as razões de praticá-lo, mas por hora, simplesmente acredite em mim, ok?

Encontre um lugar agradável para estar e se quiser coloque uma música suave ao fundo. Eu espero…

Preparado?

Agora, apenas imagine…

Comece a visualizar, com a sua mente, você mesmo vivendo uma vida empolgante novamente.

  • Imagine você livre da depressão.

Imagine como seria sua vida se pudesse de alguma forma arrancar essas sensações ruins do seu peito e retomar o controle.

  • Imagine como seriam suas relações.

Se você tem filhos, pense na sua relação com eles. Você, saudável, com energia para ser o pai ou a mãe que eles precisam que você seja.

Pense nos seus amigos, naqueles especiais. Pense nos seus familiares. Pense você transmitindo vida e alegria a eles novamente.

  • Visualize agora você trabalhando. Imagine-se com foco, energia e conhecimento para exercer sua profissão com excelência.

Se você é estudante, pense em como seus estudos agora fazem sentido. As matérias agora são tijolos na construção de uma carreira empolgante e vitoriosa.

  • Pense no seu futuro.

O que você sempre quis realizar? Quais seus maiores sonhos?

Abrir uma empresa? Conquistar o emprego dos sonhos? Fazer aquela viagem? Viver aquela experiência?

Imagine-se vivendo todos eles.

Liberte sua imaginação agora para uma vida SEM depressão, faça isso por alguns minutos… 

O que achou deste exercício?

Você acabou de pensar e sentir como uma pessoa saudável, SEM depressão, pensa e sente.

Você fez um rápido treinamento para que seu cérebro funcione SEM a depressão. Ensinando sua mente a ter sonhos, metas e esperança novamente.

Agora eu pergunto: é esse futuro que você quer? Você quer sair da depressão?

Simplesmente decida

Querer sair da depressão não exigirá nenhum esforço da sua parte – apenas a sua decisão.

Os psicólogos dizem que, apesar da depressão tirar nossa energia, ela não interfere no processo DECISÓRIO da nossa mente.

Não é incrível? Podemos tomar decisões com nossa mente, mesmo deprimidos!

Então decida sair da depressão.

Mesmo sem ainda saber como.

Mesmo se sentindo mal.

Você não precisa FAZER nada por enquanto.

Apenas DECIDIR isso dentro de você dizendo “sim, eu estou com depressão, mas QUERO sair dela”

Simples assim.

Uma ajuda pra fazer isso

O texto abaixo vai lhe ajudar a fazer isso. Leia-o em voz alta para si mesmo.

Eu,      seu nome       , estou com depressão, mas QUERO de verdade sair dela.

Posso não estar me sentindo capaz, mas DECIDO que me colocarei no caminho de tentar.

Posso estar sem energia agora, mas QUERO cuidar mais de mim a partir de hoje.

No meu tempo, com as minhas forças eu vou sair da depressão.

Acredito que isso é possível e vou aprender a fazer isso agora.

Parabéns… você acaba de dar o PRIMEIRO PASSO para sair da depressão!

Não subestime o que acabou de fazer – isso tem um valor fundamental para sua cura.

Pode se sentir orgulhoso ou orgulhosa por isso hoje.

Eu estou orgulhoso por você.

Vamos em frente.

PASSO 2
Fale com alguém e peça ajuda

“Estou com depressão, e preciso de ajuda!”

Um dos sintomas da depressão é a falta de energia e motivação para fazer as coisas.

Como então um deprimido vai dar início ao seu próprio processo de superação?

Resposta: com a ajuda de outra pessoa.

O passo 2 é: fale com uma pessoa sobre sua depressão, e peça ajuda a ela.

Chamaremos esta pessoa carinhosamente de “Padrinho (ou Madrinha) de Tratamento”. Esta pessoa irá acompanhar você pelo menos até o passo 3.

Quem poderá ser meu Padrinho de Tratamento?

Listo abaixo algumas pessoas às quais você pode pedir ajuda.

SEUS PAIS

Se seus pais estão próximos, peça ajuda a eles. É provável que eles sejam as pessoas que mais te amem no mundo – com certeza poderão lhe ajudar até o passo 3.

SEUS FILHOS, SE TIVEREM MATURIDADE PARA ISSO

Se seus filhos são adultos, peça ajuda a eles. Depressão na terceira idade é uma realidade, e se esse é o seu caso, não hesite em pedir ajuda a seus filhos.

FAMILIARES

Um tio ou tia próxima, primos ou até avós podem lhe acompanhar até o passo 3.

AMIGOS PRÓXIMOS

Um bom amigo ou amiga de confiança pode ser um bom confidente e lhe ajudar até o passo 3.

LÍDERES RELIGIOSOS OU COMUNITÁRIOS

Se seus pais ou amigos não estiverem disponíveis, pode ser o caso de pedir ajuda a algum líder religioso ou da comunidade local a qual você pertença.

Alguém de muita confiança

Em todos os casos acima, seu padrinho de tratamento deve ser alguém que realmente se importe com você. Certifique-se de que pessoa é de confiança e irá tratar seu caso com atenção e respeito devidos.

Porém não deixe que o medo te impeça de pedir ajuda.

É melhor pedir ajuda mesmo com certo receio do que ficar sozinho nesta hora difícil.

Uma carta para seu padrinho de tratamento

A psicoeducação (conhecer e saber lidar com nossas mentes) é algo a ser conquistado no Brasil. Apesar das boas intenções, nem todo mundo sabe como ajudar uma pessoa deprimida.

Por isso fiz uma carta para orientar seu padrinho ou madrinha de tratamento. Ela pode ser lida aqui.

Esta carta irá dar orientações de como a pessoa pode lhe ajudar da melhor maneira possível.

Envie o link da carta ao seu padrinho ou madrinha, e depois pergunte se ele ou ela pode lhe acompanhar até o passo 3, ok?

E se a pessoa não aceitar?

Há muitos motivos que podem fazer a pessoa não aceitar. Ela pode não se sentir confortável com a missão, ou ela mesma pode estar com um problema e não conseguir realizar a tarefa.

Você precisa entender isso com serenidade.

Se isso acontecer, simplesmente procure outra pessoa, ok?

Se ele aceitar, diga que eu, Alex, pedi para ele ou ela ler a carta acima e também o outro artigo do link abaixo.

Agora vamos para o 3º passo.

PASSO 3
Agende consultas imediatamente

“Estou com depressão, e preciso de ajuda profissional!”

Sendo bem direto: apenas o psicólogo e o psiquiatra (dois profissionais da área da saúde que tratam a depressão) poderão avaliar você e lhe dar orientações precisas sobre seu quadro depressivo.

O psicólogo e o psiquiatra vão:

  1. Entender seus dilemas e sua situação de forma personalizada, em sua totalidade e complexidade biopsicossocial;
  2. Diagnosticar o seu estado, e lhe dizer se está ou não com depressão;
  3. Lhe dar orientação individual e desenvolver a terapia de forma que você saia da depressão.

Quanto antes você iniciar o tratamento melhor.

Por isso você deve imediatamente agendar uma consulta com um psicólogo e com um psiquiatra.

Faça isso já com a ajuda ao seu padrinho de tratamento.

Qual a diferença entre o Psicólogo e o Psiquiatra?

Geralmente estes profissionais trabalham em conjunto no tratamento de um paciente deprimido.

Escrevi um artigo falando exatamente sobre esta diferença. Pode ler clicando aqui.

O ideal é que você agende consulta com o psicólogo e também com o psiquiatra, ok?

Como obter Atendimento Psicológico e Médico Psiquiátrico

Se você pode custear um atendimento particular, peça indicações de psicólogos e psiquiatras de confiança para amigos e familiares. Com certeza você e seu padrinho de tratamento irão encontrar bons profissionais rapidamente.

Convênio Médico

Os convênios médicos (também chamados de “plano de saúde” ou “seguro saúde”) possuem atendimento médico psiquiátrico incluído. E alguns possuem também atendimento psicológico.

Verifique na rede credenciada do seu plano de saúde esta possibilidade. Geralmente há uma lista no website da empresa ou há um aplicativo de celular onde você pode fazer esta pesquisa.

Atendimento Gratuito ou de Baixo Custo

Uma dica para quem não pode custear um tratamento no momento: existem locais onde você pode obter atendimento psicológico gratuito ou a um preço muito baixo. Em alguns deles, basta ligar e dizer “acho que estou com depressão, e quero obter atendimento psicológico”.

Se este é o seu caso, o Saúde Interior disponibiliza uma Planilha com locais de Atendimento Psicológico Gratuito, um banco de dados dos principais centros de atendimento psicológico gratuitos ou de baixo custo no Brasil.

Você pode acessar esta planilha aqui.

Este banco de dados é atualizado frequentemente, e procura democratizar o acesso a terapias para toda a população.

Use-o para procurar na sua região os locais onde pode obter tratamento gratuito.

Conclusão

“Estou com depressão, mas também estou no caminho da cura!”

Com estes 3 passos, você estará encaminhado em direção à sua recuperação e poderá dizer com serenidade a frase acima.

Mas tenho algumas dicas a mais para lhe ajudar. Baixe nosso Ebook Guia de Sobrevivência do Deprimido. Lá tem estas e outras dicas para você ter ferramentas para sair das areias movediças da depressão.

Se cuide e inicie imediatamente os primeiros passos!

Ebook Gratuito sobre Depressão

Alex Carnier
Alex Carnier
Após uma depressão, fundei o portal terapêutico Saúde Interior, iniciei a formação em Psicologia Ψ e me tornei um entusiasta da #psicoeducação. Vem comigo!
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Comente aqui o que achou do artigo!x
()
x