fbpx

Minha história com a depressão

Historia de depressão

A depressão ainda é tabu para muitas pessoas, apesar de 20 milhões de brasileiros estarem com a doença.

Para desmistificar a depressão e lançar luz sobre o tema, decidi contar a minha história pessoal de superação.

Conto esta história na esperança de que as pessoas que estão com depressão entendam que, apesar de muito difícil, ela não é um bicho de sete cabeças. Podemos superá-la com pequenas atitudes diárias e ajuda profissional.

Os primeiros sintomas de depressão

Lembro-me como se fosse hoje a primeira vez que senti os sintomas da depressão.

O ano era 1999, e eu com meus 19 anos voltava da casa de uma amiga onde um grupo de alunos do cursinho tinha se reunido para estudar para o vestibular.

Já passava da meia noite, e eu trafegava pelas ruas vazias do bairro da Aclimação aqui em São Paulo na minha moto Honda CG125. No trajeto, comecei a pensar sobre minha vida e sentir uma leve solidão melancólica.

Na época eu não fazia ideia do que estava por acontecer.

O sentimento de abandono e solidão se tornou crônico e um vazio existencial começou a tomar conta de mim.

Anos se passaram, e por não ser tratada adequadamente, esta melancolia se transformou em depressão. Bem no auge da minha juventude!

7 anos para descobrir e mais 10 anos para superar

Fui descobrir que isso era um princípio de depressão apenas 7 anos mais tarde, quando aos 26 anos conversei com uma psicóloga sobre esses sentimentos.

Para encurtar a história, foram 10 anos de terapia, 3 psicólogos diferentes e um longo percurso para que eu pudesse reequilibrar minha vida e aprender a lidar com a depressão.

Muito tempo, não é? Mas existe um lado bom nisso.

Eu aprendi muito com a depressão

Através do tratamento, coisas muito boas aconteceram comigo. Sim, coisas boas. Veja só:

1. Descobri quem eu realmente era, minhas características pessoais e aquilo que faz sentido existencial para mim. Isso melhorou minha autoestima e me deu uma clareza de propósito como nunca antes tinha tido;

2. Descobri também os valores fundamentais da vida humana. Os valores presentes no que chamo de “sabedoria universal”, encontrada nas diversas linhas filosóficas, nas grandes religiões milenares e nas ciências humanas. Esses valores nortearam minhas escolhas e meu processo terapêutico;

3. Ao longo desses 10 anos de terapia li muito sobre psicologia e as linhas terapêuticas seguidas pelos meus psicólogos. Eu estava ávido por entender a bagunça que existia dentro de mim. Por isso aprendi muita coisa sobre a mente humana, suas emoções e seus impulsos.

Com a ajuda dos profissionais e com este conhecimento adquirido, consegui finalmente reequilibrar minha vida e ter energia para poder liderar grandes projetos e ser capaz de fazer grandes transformações em minha vida.

Sim, mesmo sendo um deprimido! Ou seja: hoje sei como minha depressão funciona, e como lidar com seus sintomas.

Alex, você está 100% curado?

Decidi pensar que não.

Ainda me considero um “deprimido em recuperação” e isso tem um motivo: a depressão me ensina muito.

Uma professora “chata”

A depressão é para mim como aquela professora “chata” que ‘pegava no nosso pé’ na escola. Você teve uma professora assim?

Não gostávamos dela, não gostávamos do seus métodos, queríamos vê-la o mais longe possível – mas não poderíamos evitá-la sem que antes aprendêssemos suas duras lições.

Tudo o que aquela professora “chata” queria era que saíssemos daquele ano com aquela matéria aprendida. Depois ela nos deixaria em paz.

A depressão funciona da mesma maneira: ela existe para que a gente APRENDA algumas coisas. Depois ela nos deixará em paz.

Ainda tenho lições a aprender

Hoje ainda tenho lições a aprender com a Sra. Depressão, porém ela já não me destrói.

Ela agora é um instrumento para que eu seja um ser humano melhor, mais lúcido, e, principalmente, mais capaz de ajudar outros deprimidos em seus processos de recuperação.

Por isso em 2016 fundei o Saúde Interior para dar informação às pessoas que passam pela depressão, incentivando-as a procurar ajuda.

Quero facilitar sua jornada. Quero que você encontre meios para sair da depressão e reconquistar sua vida o mais rápido possível!

Também por isso escrevi o Ebook Guia de Sobrevivência do Deprimido, que você pode baixar gratuitamente aqui.

Espero que este pequeno relato lhe ajude na sua caminhada de superação.

Estarei por aqui caso precise de alguma orientação.

Se cuide!

Alex Carnier
Alex Carnier
Após uma depressão, fundei o portal terapêutico Saúde Interior, iniciei a formação em Psicologia Ψ e me tornei um entusiasta da #psicoeducação. Vem comigo!
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Comente aqui o que achou do artigo!x
()
x